Charles Baudelaire, AKA “dandy”: aquele que eleva a estética a uma religião viva. Inspirado na iconografia relativa, o Nordic Museum de Estocolmo explora a figura Dandy Dandy na exposição que vai estar em exibição até 1/5/2011. Tailor Frederik Andersen, pesquisador de moda Rickard Lindqvist, o jornalista Olaf Enckell, estilista Lalle Johnson, autor Björn Af Kleen, designer Göran Sundberg e dono da loja Christian Quaglia foram convidados a contribuir com a sua visão particular sobre o assunto e o resultado é o que podem ver abaixo.