O fotógrafo Alex Prager que nasceu em L.A e trabalha em NY tem uma linguagem vintage em suas fotos, mas sempre tenta dar uma pitada “contemporânea” em seus cliques para descontextualizar as imagens.