Quando o fotógrafo de still Roberto Badin veio especialmente para a Vernissage da exposição “Lady Dior As Seen By”, tive a oportunidade de encontrá-lo no hotel em que estava hospedado. É um artista fora da curva, que não faz parte da produção em série “fast art” que vivemos hoje. Ele se preocupa em fazer sketches das ideias que estão por trás da suas belas imagens não “gratuitas”, sempre carregando um conceito implícito. Apesar de gostar do improviso, Roberto gosta de planejar, criar e “sair fora da caixa” clicando mais “life” que “still”.

5_roberto badin_lv

6_roberto badin

7_roberto badin

2_roberto badin

4_roberto badin

8_roberto badin

dior_1

Abaixo foto de Roberto Badin para a Lady Dior:
1_roberto badin dior

Fotos tiradas via iphone das obras dos demais artistas:
dior_2

dior_3

dior_4

dior_5

dior_6

dior_7

dior_8

dior_9

dior_10

dior_11

dior_12

dior_13

dior_14

SOBRE O PROJETO
“Foi uma enorme satisfação ter a oportunidade de trabalhar neste projeto, o aspecto cinematográfico me pareceu evidente, tanto na sua composição como no seu estilo de produção, semelhante à elaboraçao de um filme. Uma grande sorte de ter excelentes colaboradores próximos envolvidos neste projeto, permitindo a construçao da imagem dentro das melhores condições de trabalho e de criação. A idéia é conseguir contar uma história com uma unica imagem, onde cada espectador tem sua livre interpretaçao da obra. A exposiçao “As seen by” apresenta mais de 70 criações de artistas internacionais com a sua própria visão da icônica bolsa Dior. A exposição já foi apresentada em Xangai, Tóquio e Milão.”

Roberto Badin nasceu no Rio de Janeiro, Brasil. Fotógrafo de moda no início de sua carreira, foi na fotografia de still-life em estúdio
que ele desenvolveu sua técnica que o inspirou a construir meticulosamente cada etapa de suas imagens. Ele emprestou a sua imaginaçao criativa e visao singular a uma variedade de marcas importantes, incluindo Dior, YSL, Prada, Adidas, Chloé, Chivas, Hennessy e Cartier, clicando também para revistas de notoriedade internacional como Mixte, New York Times Magazine, Details, Vogue Brasil, Madame Figaro, L’Officiel, para citar apenas algumas. A qualidade singular do trabalho de Roberto Badin se expressa em imagens gráficas, sofisticadas, repletas de emoções e idéias originais.

Hoje a maioria dos seus projetos tem uma dimensão cinematográfica, alguns longe do shooting classico de um estudio. Nao é de estranhar que ele esteja interessado em produzir imagens que transmitam perfeitamente o seu modo de se expressar. Ele sempre diz que a parte mais importante de “Still Life” é a “Life”, mais do que a parte “Still”.